Evento reúne cerca de 250 seguidores do Carisma Vicentino na Bahia

0
Ao todo, são 11 Ramos da Família Vicentina representados

Os seguidores do ‘vicentinismo’ conseguiram um feito histórico neste sábado (17). Aconteceu em Salvador (BA) o I Fórum da Família Vicentina. O evento reuniu cerca de 250 pessoas, todas de instituições criadas por São Vicente de Paulo ou que foram inspiradas nos ideais de caridade do santo.

Os participantes do Fórum Nacional da Família Vicentina, que estão reunidos desde a quarta-feira (18), se dirigiram nesta manhã para o hotel Stella Maris, onde se hospedaram cerca de 170 voluntárias da Associação Internacional de Caridades (AIC). A AIC foi o primeiro grupo de ajuda aos Pobres criado por Vicente de Paulo na França. No Brasil, a instituição iniciou as atividades em Salvador e, por isso, a capital é a sede do evento.

Marleide Fernandes (presidente da AIC) e padre Joelson
Marleide Fernandes (presidente da AIC) e padre Joelson

Para o coordenador nacional da Família Vicentina, padre Joelson Sotem (Congregação da Missão-CM), a oportunidade de reunir tantas pessoas vocacionadas para os trabalhos com os vulneráveis sociais é uma importante graça, porque todos são privilegiados por estarem a serviço dos Pobres justamente quando se celebram os ‘400 Anos do Carisma Vicentino’. Padre Joelson também destacou que o Fórum é uma possibilidade de fazer com que os Ramos (grupos que formam a Família Vicentina) se conheçam mutuamente, apresentando uns aos outros as histórias de vida e comprometimento com os cidadãos em situação de vulnerabilidade social.

Padre Aarón
Padre Aarón

A primeira formação do dia ficou a cargo do padre Aarón Gutierrez Nava (Congregação da Missão-CM), sobre o tema ‘União da Família Vicentina em vista do trabalho com os Pobres’. Além de incentivar a colaboração entre os Ramos, padre Aarón recomendou que a espiritualidade vicentina esteja sempre no coração de quem pratica a caridade. “Precisamos buscar a santidade. Só com ela, conseguiremos alcançar a audácia e a caridade de nossos fundadores. Se nosso coração não está cheio de Deus, não se pratica a caridade”.

O religioso é mexicano e mora atualmente em Roma (Itália), onde integra o Conselho Geral da Congregação da Missão, Ramo dos padres vicentinos. Ele ainda reforçou a identidade dos seguidores de São Vicente de Paulo. “Fomos chamados para servir os Pobres e estar no mundo Deles. Este é o nosso Carisma”.

Padre Joe
Padre Joe

Presente ao evento, o padre Joe Agostino (Congregação da Missão-CM) – coordenador do Escritório Internacional da Família Vicentina, na Filadélfia (EUA) – informou que o ‘Escritório’ tem desenvolvido intensas ações com o objetivo de integrarem os Ramos. Ele instigou que a Família Vicentina na América Latina se una para ser modelo de colaboração em todo o mundo. “Precisamos fortalecer nosso compromisso de servir aos Pobres”, pediu.

Confrade José Hailton
Confrade José Hailton

Motivação recebida com muito carinho pelo confrade José Hailton Coelho, que é o coordenador da Família Vicentina na região latinoamericana. Ele afirmou que todos os esforços estão sendo empreendidos para que o pedido do padre Joe se concretize o quanto antes.

 

400 ANOS DO CARISMA VICENTINO

 

Padre Joe convidou todos os membros da Família Vicentina a participarem do Simpósio com o Papa Francisco, em Roma, de 12 a 15 de outubro. Na oportunidade, serão oficialmente comemorados, em nível internacional, os 400 Anos do Carisma Vicentino. Aos brasileiros, deu uma boa notícia: as celebrações serão feitas em seis idiomas, inclusive o português.

Confrade Thiago Tibúrcio
Confrade Thiago Tibúrcio

Na parte da tarde, os representantes dos Ramos puderam apresentar as atividades desenvolvidas por eles em prol dos Pobres. O confrade Thiago Tibúrcio (diretor de Comunicação) falou sobre a SSVP. Mostrou estatísticas, dentre elas, a de que cerca de 70 mil famílias recebam assistência da instituição no país. Ele ainda comentou sobre o tema Mudança de Estruturas (promoção social) e afirmou: “Temos a convicção de que a SSVP não é uma ONG, mas uma obra de Deus e do Espírito Santo”.

A ultima atividade do Fórum é uma Missa celebrada por Dom Murilo Sebastião Ramos, arcebispo de Salvador (BA).

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta