De férias? Confira dicas de atividades vicentinas para crianças e adolescentes

0
Membros da CCA Nossa Senhora de Lourdes, em Ponte Nova (MG)

Julho e janeiro são meses muito esperados por estudantes que podem aproveitá-los para descanso e lazer, afinal, é tempo de férias. O trabalho vicentino não tem interrupções, conforme explica a coordenadora nacional de Conferências de Crianças e Adolescentes (CCA’s), consócia Andreza Bersi, já que quem tem fome não pode esperar. No entanto, como os membros das CCA’s terão mais tempo livre, levando em consideração que muitos não viajam neste período, ela fez um guia com sugestões de atividades de entretenimento e lazer.

Confira a seguir:

umPara os que tiverem idade próxima da ‘Entrega’ (aos 15 anos, o adolescente precisa migrar para uma Conferência Adulta), poderão fazer o ‘Estágio’, que proporciona o início da adaptação. Com o Estágio, o adolescente começa a se familiarizar com a nova Conferência, criando assim um elo de acolhimento entre os mesmos.

 

 

dois

O orientador pode usar esta ‘brecha’ na agenda das crianças para:

– passeios

– gincanas

– campeonatos esportivos entre as CCA’s

– retiro de formação

– Ecafinho

– confraternizações

– Terço nas casas dos membros

– Terço na casa dos assistidos

– visitas a Obras Unidas (entidades vicentinas)

– visitas a entidades da cidade (creche, Apae, assistência ao idoso etc)

– participação em Liturgia

– coleta de alimentos

– churrasco

– realização de projetos

CONSELHO

Consócia Andreza Bersi
Consócia Andreza Bersi

Segundo Andreza, no Manual de Orientação de CCA não existe recomendação quanto à paralização das atividades das Unidades Vicentinas em um determinado período do ano. “O importante é manter a CCA ativa, realizando as reuniões semanais e visitas aos assistidos”.

Para a coordenadora, é fundamental que os orientadores sejam criativos. “As férias proporcionam uma oportunidade de fazer do tempo livre das crianças uma atividade recreativa ou de formação. O mundo está repleto de mistérios atraentes: grandes e pequenos, coloridos e sonoros… Tudo pode ser novo, fascinante e divertido…é como um gigantesco parque de diversões. Faça esta oportunidade das férias uma forma de atrair crianças e adolescentes para a CCA”, conclui.

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta