Missões Vicentinas propõem transformação social em Arcos (MG)

0
Missionários vicentinos em ação e oração

Duas comunidades localizadas em uma periferia da cidade de Arcos (MG), área do Conselho Metropolitano de Formiga, viveram dias marcados pela oração, visitas e atividades culturais. A região tem população estimada em seis mil moradores, concentra um bolsão de pobreza e possui apenas uma Conferência Vicentina com cinco membros. Com um trabalho de demanda crescente e poucos voluntários, foi necessário lançar um projeto missionário capaz de unir as comunidades, despertar os moradores para a vocação vicentina e divulgar a presença da Igreja Católica, já que segundo dados de lideranças comunitárias, mais de 50% das pessoas que vivem no lugar pertencem a outras religiões.

A iniciativa do projeto foi do Conselho Particular Santo Agostinho e teve o apoio da Paróquia Nossa Senhora do Carmo e do Departamento Missionário do Conselho Nacional do Brasil. Ao todo, seis missionários da equipe estiveram presentes à missão. Eles se juntaram a mais de 40 vicentinos de Arcos que prepararam uma semana de atividades. “A proposta da missão foi oferecer uma programação variada, que envolvesse pessoas de todas as idades sempre com o objetivo de despertar um olhar de caridade. Conseguimos trabalhar com todos os públicos, envolver moradores, comunidade escolar, líderes comunitários e até mesmo detentos do sistema prisional, já que a APAC está localizada na região”, comenta o confrade Ricardo Fonseca, presidente do CP Santo Agostinho.

Ele destaca o trabalho marcante das visitas. Ao todo, cerca de 60 famílias foram visitadas pelos missionários. Dentre as atividades desenvolvidas aconteceu uma via-sacra pelas ruas de três bairros; um Cinema na Praça, onde também foi exibida uma mensagem da consócia Emília Fernandes Figueiró Jerônimo, presidente nacional da SSVP, e uma ação social que ofereceu serviços e recreação para as crianças.

Um concurso de desenhos com o tema: ‘Como minha comunidade pode ser melhor se eu ajudar ao próximo’ também foi desenvolvido com os alunos da Escola Municipal ‘Olinda Veloso’.

FRUTOS DA MISSÃO

No encerramento das Missões Vicentinas em Arcos foram anunciadas as ações concretas do trabalho missionário na comunidade. Cinco vicentinos afastados devem retornar para a Conferência São Benedito, que será fortalecida. Uma Conferência de Crianças e Adolescentes será criada, sendo que a primeira reunião acontece no próximo sábado. E outra Conferência de adultos também será criada na próxima semana para atender aos moradores que ficaram motivados com o trabalho vicentino durante as Missões. Além disso, de acordo com o Conselho Particular Santo Agostinho, um projeto social vicentino deve ser criado na região com o apoio das lideranças comunitárias e paroquiais. Ele será elaborado após ouvir os moradores e detectar quais são as principais necessidades sociais e culturais.

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta